terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

#TRANSFORMADOS POR SUA GLÓRIA


APÓSTOLO TADEU SANTOS

TEXTO-CHAVE: 2 CORÍNTIOS 3:17-18

17Ora, o Senhor é o Espírito e, onde está o Espírito do Senhor, ali há liberdade. 18E todos nós, que com a face descoberta contemplamos a glória do Senhor, segundo a sua imagem estamos sendo transformados com glória cada vez maior, a qual vem do Senhor, que é o Espírito.


INTRODUÇÃO

            O contexto destes dois versículos está baseado em alertar as pessoas do mal que vem para paralisar as suas vidas. O Apóstolo Paulo escreve a este povo alertando para tomarem muito cuidado com algumas pessoas que querem trazer divisões e uma falsa religiosidade. Onde mais do que nunca é necessário perceber, pois onde há a Glória do Espírito de Deus, há liberdade.   
            Muitos quando olham para sua história se frustram porque vem que os anos se passaram e não fizeram nada de grande significância. Sente-se prisioneiros das circunstâncias, traumas passados, perdas, trabalho, bens, pessoas entre outros. Estão paralisados com sua forma de ser e pensar. A sua visão é distorcida e limitada. Não conseguem sonhar com um presente de transformações e um futuro de conquistas. Quando ouvem falar que Deus tem planos para romper com sua vida de vez são incrédulas e pessimistas. Rotulam Deus e seus atos como uma religiosidade anêmica. Estão escravizadas e paralisadas pelo seu entendimento limitado. Sentem-se presas e não vivem mais apenas sobrevivem. Vivem o dia-a-dia não sabendo o que são e para onde vão.
            Quantos não estão assim?


1. A GLÓRIA DE DEUS

A Glória de Deus está baseada em quem é Deus. É sua presença, Seu caráter, Seu amor, Seu cuidado, é quem Ele é. A Glória de Deus é a fonte que emana vida para tudo e todos. É a essência de seu Espírito. Quando olhamos ao redor vemos vida é a Glória Dele. Quando sentimos paz é a Glória Dele, quando uma criança nasce ou uma família é construída é a Glória Dele. A Glória de Deus é quem dá a vida e a satisfação para viver. Logicamente estamos resumindo em poucas palavras o que é esta Majestosa Glória que vem de nosso Deus.   
A Glória do Senhor visita o corpo e os sentimentos, mas ela se aloja em nosso espírito. Enquanto você ouve estas palavras Deus está agindo em seu espírito, trabalhando ao seu favor e de sua família. Deus quer que a Glória entre em seu coração rompendo com tudo o que separa você e Ele.
A Glória de Deus precisa emanar de nossa essência. Mas para isso precisamos estar conectados com Ele dia após dia. É necessária uma busca onde o Espírito de Deus esteja interligado com nosso espírito e assim termos esta intimidade constante. A Fé e a busca fazem com que isso aconteça.
Acredite a Glória de Deus está dentro de você.  


2. ESCONDIDOS DE DEUS

Jesus Cristo é o nosso exemplo de busca constante da Glória de Deus em Sua vida através de sua comunhão com o Pai. Ele enquanto estava aqui na terra passou as mesmas situações que nós passamos em nosso cotidiano. Ele tinha uma família, um trabalho, sentimentos, dúvidas, fome, sede e qualquer outra questão que qualquer ser humano passa. A questão é que Ele constantemente buscava a Presença de Deus. Tudo o que fazia estava na dependência da Glória de Deus.
Em Genesis 3:8 descreve que Deus andava no Jardim do Éden, pois dia após dia conversava com Adão e Eva. Porém, eles lamentavelmente haviam caído no pecado e se esconderam de Deus. 
Da mesma forma não podemos nos esconder Dele por causa de nossos pecados, frustrações, problemas ou o que seja. Quando Deus fala precisamos responder. Precisamos esvaziar a nossa mente das preocupações e correrias de nosso cotidiano. Deus quer falar e ouvir em nosso espírito todos os dias.
Quando não priorizamos Deus em nossa vida estamos vulneráveis ao inimigo. Ele usa isso para nos escravizar e ferir. Quando estamos escondidos de Deus estamos à disposição do diabo.
Nós somente seremos satisfeitos e felizes quando vermos a Glória de Deus. Quando seguirmos o exemplo de Cristo mesmo com nossas limitações.
Não podemos nunca nos esconder de Deus, mas expor quem somos e como estamos. 


3. AS QUATRO DIRETRIZES

No livro de Naum 2:1, Deus orienta o povo através de um profeta chamado Naum a se proteger contra a invasão de seus inimigos.
São 4 diretrizes que Deus nos revelou nesse versículo para nossa proteção:

1-GUARDAR A FORTALEZA

É uma unção de autoridade. Nós precisamos do Espírito de Deus para ter autoridade. Guardar a fortaleza da mente, da família, da saúde, do trabalho, das finanças, do coração e da boca. Use a sua boca para construir fortalezas contra as obras do inimigo destruidor.
Você está vivendo os frutos de suas palavras. Quando guardamos as fortalezas com a ajuda do Espírito de Deus nenhum destruidor pode invadir e roubar. Guarde cada uma dessas fortalezas com autoridade e viva o sobrenatural da Glória de Deus.

2-VIGIAR O CAMINHO

            É preciso focar na visão que estamos apresentando aqui. Esta visão prioriza Deus e O apresentar para outras pessoas. É necessário entender que enquanto estamos cuidando das almas de Deus, Ele está cuidando de nós e de tudo o que é nosso.
 Não podemos permitir que nada e ninguém nos tire da presença de Deus. Nós precisamos sempre estar atuantes.
           
“- Eu, Apóstolo Tadeu com a autoridade de Deus estou falando que para sua vida mudar é preciso você também ajudar estes líderes de célula trazendo mais pessoas. Convide, convide de novo e de novo. Permita que o Espírito de Deus te use e toque no coração das pessoas. As famílias precisam saber que Deus tem o melhor para elas. Quando você faz isso não tem ideia do que Deus tem para sua vida.”   
            Proteja e vigie o caminho. Não permita que nada te tire do caminho de Jesus.

3-FORTALECER OS LOMBOS
           
            Lombo significa cobertura. É está alinhado com os líderes dessa célula, com o Apóstolo e a igreja que estão fazendo a cobertura dessa célula, da sua vida e de sua família. Fortalecer os ombros é honrar através da verdade. Honre sua família, seus pais, seu cônjuge, seu trabalho, sua saúde, esta célula e a cobertura dela. Ande na verdade para honrar você mesmo e consequentemente a Deus. Quando andamos na verdade destruímos as obras do inimigo contra nós.
            As lutas são espirituais e não carnais, por isso precisamos entender a dependência que temos do Espírito de Deus. Hoje Ele está nos capacitando espiritualmente. 

4-RENOVAR AS FORÇAS
           
            Precisamos buscar estar cheios do Espírito de Deus. A única coisa que irá nos preencher verdadeiramente é ter um coração que transborda de Deus. Em João 15:5 Jesus diz que sem Ele não conseguimos fazer nada. Isso nos remete que sem andarmos no caminho da busca não podemos fazer nada. O Espírito Santo é quem nos consola e direciona nos caminhos desta vida que muitas vezes é injusta. Porém, com Ele até o que é injusto será para nos abençoar. Não há doença física e espiritual que não possam ser curadas através do Espírito de Deus.
            Entenda que nada neste mundo tem mais valor do que a Glória da Presença de Deus em nossa vida. O inimigo ataca e ataca com força porque ele quer nos distanciar. Ele quer fazer nos esconder de Deus. Quando isso acontece estamos vulneráveis e as nossas fortalezas caem. Mas, quando temos esta Glória tudo faz sentido. Precisamos renovar as nossas forças buscando a Presença de Deus diariamente.


CONCLUSÃO
           
            Precisamos entender a necessidade de termos comunhão com Deus. A necessidade de termos a Sua Glória emanando de dentro de nós. O Apóstolo Paulo alertou aquele povo contra as religiosidades da destruição que querem impedir a liberdade. Cristo nos ensinou a dependência constante que precisamos de ter de Deus já que nossas lutas são espirituais.
Guarde a sua fortaleza, pois elas destruirão as obras do inimigo. Vigie o seu caminho levando estas verdades para outras pessoas. As famílias precisam ouvir sobre o que Deus tem para elas. Fortaleça os seus lombos andando debaixo dos direcionamentos de seus líderes. Fortaleça na honra andando na verdade. Só veremos a Deus quando saímos dos esconderijos da vergonha e clamamos a Ele para nos encher da presença do Seu Santo Espírito.
            Jesus deixou claro que sem Ele não conseguiríamos sobressair de tantas dificuldades. Por isso, Ele preparou mais uma maneira de nós nos aproximarmos Dele.

Apenas 15 minutos por dia durante 63 dias. Deus vai revolucionar a sua vida.

Se prepare, pois está chegando a UNIVERSIDADE DA VIDA. Um MAPA DA VIDA que mudará a sua história e de toda sua família. Esta frase será realidade em seu lar:

EU E MINHA CASA SERVIREMOS AO SENHOR.  

Se prepare, pois você será transformado pela Glória de Deus.



MÚSICA: GLÓRIA - GILMAR BRITO 

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

#EVITE OS APAGÕES, VOCÊ NÃO TEM IDEIA DO QUE PODE ACONTECER


APÓSTOLO TADEU SANTOS

TEXTO-CHAVE: 1 SM. 3:1-5

1O menino Samuel ministrava perante o Senhor, sob a direção de Eli; naqueles dias raramente o Senhor falava, e as visões não eram frequentes. 2Certa noite, Eli, cujos olhos estavam ficando tão fracos que já não conseguia mais enxergar, estava deitado em seu lugar de costume. 3A lâmpada de Deus ainda não havia se apagado, e Samuel estava deitado no santuário do Senhor, onde se encontrava a arca de Deus. 4Então o Senhor chamou Samuel. 5Samuel respondeu: "Estou aqui".


INTRODUÇÃO

            Neste trecho que lemos são destacados dois personagens Eli e Samuel. Eli ocupava os cargos de sacerdote e juiz do povo de Israel. Esta posição era considerada a mais elevada e de maior prestígio tanto na questão espiritual quanto de liderança. Eli era responsável pelas demandas judiciais e a mediação do relacionamento entre Deus e o povo. Divinamente escolhido para ocupar estes postos Eli era visto como um exemplo para toda sociedade israelita.
Nosso segundo personagem é Samuel quando era apenas uma criança. Ele foi entregue a Deus enquanto ainda estava sendo uma promessa. Sua mãe Ana era estéril e fez um voto a Deus que se Ele concedesse um filho, este milagre seria entregue para servir no Templo do Senhor. O milagre foi realizado por Deus e Ana cumpriu o seu voto. Samuel foi crescendo no Templo servindo ao sacerdote Eli.
             

1. INÉRCIA DA RESPONSABILIDADE

Eli, tinha o grande privilégio de mediar o povo e Deus como citamos. Ele foi um sacerdote de honra, porém não zelava por seu próprio lar. Governava uma nação, mas não conseguia governar a sua família e isso foi a sua destruição. Os filhos de Eli cresceram vivenciando a atuação sacerdotal de seu pai. Como em uma monarquia o sacerdócio era passado de pai para filho, porém eles mesmos vivenciando, aprendendo e trabalhando no Templo do Senhor estavam corrompidos. Cresceram sem respeitar os princípios divinos profanando o que havia de mais santo no Templo do Senhor. Escandalizavam os princípios de Deus perante seu pai e todo povo de Israel. Deus alerta Eli, mas nada fez, pois sabia que as condições de condenação dos seus filhos eram severas e isto atou as suas mãos fazendo-o também se corromper pela inércia da responsabilidade.
  Quando nós nos isentamos da responsabilidade de fazer o certo estamos plantando sementes para nossa própria destruição.  
           

2. APAGÕES

Entre os anos 2001-2002 o nosso país teve uma crise que afetou o fornecimento e a distribuição de energia elétrica. Esta crise ocorreu pela falta de planejamento e investimentos em geração de energia. A imprensa assim apelidou este período de “a crise do apagão”. Para quem se lembra desta época foram meses de grandes transtornos em nosso país. Assim, faremos uma analogia em relação a inércia de fazer o certo e os “apagões”.
A descoberta da energia elétrica foi de extrema importância para o desenvolvimento da tecnologia que contribui diretamente para nossa sobrevivência. A nossa dependência da energia elétrica é algo abismável.
Então, o que faríamos se a crise volta-se de uma forma mais intensa e ficássemos sem energia elétrica durante 30 dias? Imaginem sem nossos aparelhos eletrônicos como celular, computador, televisão, sem nossos chuveiros, geladeiras, iluminação etc. Como ficariam os hospitais, escolas, igrejas, empresas e tantas outras instituições?
Podemos também dizer nessa nossa analogia que o apagão pode ser o desemprego, a falta de dinheiro, doença, traição, depressão, abandono ou qualquer outro tipo de escuridão que possa vir sobre nossa vida.
Quando não priorizamos Deus ocorrem os apagões sobre a nossa vida e de nossa família.
Em que você está inerte?        

  
3. OCUPANDO O SEU LUGAR DE DIREITO
           
Eli foi inerte e permitiu que com o decorrer dos anos os apagões destruíssem a sua família. Muitos estão alienados em conquistar algo, aliançados com pessoas e situações que corrompem princípios.  Muitos estão perdendo as oportunidades que estavam em suas mãos e quando percebem as mesmas foram lançadas para outros. Muitas pessoas perderam suas posições como pai, esposo, filho, chefe, funcionário, líder entre outras por permitirem que os apagões da destruição entrassem em sua vida. Os apagões não ocorrem de um instante para outros eles vão sendo construídos, erguidos com os fragmentos das quebras de princípios de Deus e quando chegam eles vão apagando área após área da vida.
Pela sua inércia Eli perdeu os seus filhos corrompidos em uma batalha, perdeu a sua posição de sacerdote e o mais devastador o chamado de Deus para sua vida.
Deus foi obrigado pelos apagões que Eli permitiu chamar Samuel para substituí-lo.
Por suas atitudes quantos e o que estão ocupando o lugar que era seu por direito?     
           

CONCLUSÃO
           
            Samuel substituiu Eli e foi um sacerdote extraordinariamente melhor que seu antecessor. Foi responsável por ungir o Rei Davi onde em sua linhagem viria a nascer o nosso salvador Jesus Cristo. Samuel foi um homem íntegro que não permitiu que os apagões viessem sobre sua vida. Foi um sacerdote que guiou vidas e restaurou com a ajuda de Deus muitas famílias.
Que neste momento venhamos a pedir perdão pelas inércias de nossa vida. Pelas oportunidades que foram perdidas e transferidas para outras pessoas.
            Deus honra aqueles que não tem forças, mas firmeza de seguir os Seus passos divinos. Ele honra quem quer mudanças e luz nos apagões da vida. Ele levanta do nada para mostrar que é Deus na vida de quem O honra.
Não permita que os apagões do mundo apaguem a luz de Deus de sua vida e família. Você como Samuel é responsável por vidas e famílias. Por isso, leve a luz para todos aqueles que vivem nos apagões da vida. Leve a luz para todos aqueles que estão precisando ouvir palavras que vem do coração de Deus como estas.  Por isso, traga na próxima célula estas pessoas, pois quando você leva a luz de Deus você não tem ideia do que pode acontecer.



MÚSICA: MARCELO NASCIMENTO – MOSTRE A TUA FORÇA

LÍDERES, ORE E DÊ ATENÇÃO REDOBRADA PARA TODOS AQUELES DE SUA CÉLULA QUE VÃO PARA O ENCONTRO COM DEUS. MOTIVE-OS, POIS SABEMOS O IMPACTO QUE SERÁ NA VIDA DELES.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

#PARECIDOS COM O PAI


APÓSTOLO TADEU SANTOS

TEXTO-CHAVE: ÊXODO 34:10

10"Faço com você uma aliança", disse o Senhor. "Diante de todo o seu povo farei maravilhas jamais realizadas na presença de nenhum outro povo do mundo. O povo no meio do qual você habita verá a obra maravilhosa que eu, o Senhor, farei.


INTRODUÇÃO

            No contexto deste trecho bíblico está uma das maiores declarações de amor e cuidado de Deus com o homem. Moisés na dependência total de Deus liberta o povo de Israel da escravidão egípcia. Deus, então em um monte entrega o marco dos princípios bíblicos que são as tábuas que contém os dez mandamentos. Deus quando entrega estes princípios sabe que os mesmos irá direcionar a humanidade em sua estrutura ética.
Os dez mandamentos foram entregas para direcionar o homem em seu convívio familiar, social e principalmente com o próprio Deus. Os códigos de conduta da lei que temos hoje tem seus primórdios e essência nestes mandamentos divinos. Neste contexto Deus fala com Moisés que quer fazer uma aliança tanto com ele como com o povo de Israel.
            Deus declara que fará maravilhas para abençoar o povo que tanto ama, mas que para isso é necessário ele respeitar esta aliança.


1.FLORESCENDO

Êxodo representa sair para viver um novo tempo com Deus. Mas, para viver este novo tempo é preciso honrar a aliança seguindo os princípios bíblicos. Deus queria se aproximar do seu povo para que pudessem ter um relacionamento de Pai e filho, mas para que isso acontecesse era necessário que este vínculo fosse forjado por fidelidade. O mesmo Deus quer fazer com cada um de nós. O êxodo de sair da escravidão para ser dependente de Deus através da fidelidade.
Muitas vezes o que tem barrado de acreditarmos em um futuro de honra é o trauma do passado. Por isso, precisamos acreditar que Deus tem o poder de fazer maravilhas em nossa vida. Deus pode restituir o que foi perdido até mesmo o tempo.
Arão era irmão de Moisés e certa vez tentaram usurpar aquilo que ele tinha por direito. Então, Arão pediu um sinal para Deus que confirmasse o seu legado e de sua família perante todo o povo de Israel. O sinal era uma vara de amendoeira florescer de um dia para outro, porém no natural isto demoraria em torno de 10 anos. Mas Deus é fiel para todo aquele que tem aliança com Ele e assim o fez. No dia seguinte a vara de Arão era a única no meio de tantas outras que havia florescido.  
Da mesma forma aquilo que demoraria 10 anos para acontecer na vida de qualquer um na sua acontecerá de uma hora para outra. O que demoraria 10 anos através da aliança, Deus fará acontecer em um tempo sobrenatural para provar o amor que tem por você.


2. PARECIDO COM O PAI

Moisés está representado seu povo diante de Deus. Quando é declarada a aliança Deus está dizendo que quer que o povo obedeça os princípios. Nesta obediência está o conselho de um Pai para o filho de seguir os seus passos para que possam viver em uma intimidade mais profunda.
Como um pai e uma mãe querem o melhor para seu filho, Deus deseja ainda mais para cada um de nós. Em outras palavras Deus quer que através do nosso livre arbítrio obedeçamos os seus mandamentos. Pois, seguindo este padrão teremos estrutura para vivermos de forma íntegra e consequentemente estruturada as promessas divinas.
Qual pai que não se orgulha de ter um filho com suas características? Qual pai que não deseja o melhor para seu filho? Qual pai que não tem sonhos para seu filho?
Deus quer que cada um de nós tenhamos a sua aparência no caráter, atitudes e pensamentos
Ter a aparência de Deus é o maior prestigio que um filho pode ter. 


3. AS ATITUDES
             
O povo de Israel não foi fiel como deveria e os frutos que resultaram de suas atitudes foram catastróficos ao ponto de uma geração inteira vaguear pelo deserto até morrer. Não viveram as promessas de Deus, pois não honraram a aliança com Ele.
Quando você olha para sua vida quais os resultados que pode ver? Você está satisfeito com ela? Como está sua família, sua esposa, filhos, trabalho, finanças, sonhos? 
Os frutos de sua vida é resultado das suas atitudes. Se seus frutos são ruins suas atitudes que os proveram.

Atitudes são desdobramentos do que está no coração.

É uma questão de livre arbítrio de honrar e seguir a Deus através de um caráter íntegro que tem a aparência do nosso divino Pai. Quando os resultados são insatisfatórios é porque as atitudes são corrompidas com um caráter que não possui a aparência de Deus.    

Mesmo na pequena fé quando há um posicionamento de honrar a Deus, Ele compreende nossas falhas e nos dá forças e oportunidades para um novo recomeço.


CONCLUSÃO
           
Os mandamentos de Deus nos guiará para que possamos honrar a Deus dia após dia. Em Salmo 139:1 diz que Deus nos conhece. Até mesmo as nossas limitações são presentes de Deus para que possamos ser mais dependentes Dele.
Vamos finalizar citando quatro pontos que irá nos fortalecer a viver as maravilhas que Deus tem para cada um de nós. Conquistar aquilo que tanto almejamos.

1-     Sonhar – Quem não tem sonho não chega a lugar nenhum, por isso sonhe o possível e o impossível. Pois, quando a dependência está em Deus até o impossível se torna aliado na história do milagre.
2-     Visualizar – É preciso visualizar onde almejamos chegar e o que queremos conquistar. A fé é a certeza do que não se vê (Líder, explique o quadro dos sonhos para os presentes na célula).
3-     Confessar – Significa declarar, por isso declare as bênçãos que almeja. O mundo espiritual é movido por palavras.
4-     Receber – Você já sonhou, visualizou e declarou agora é agradecer pelo recebimento. Mesmo que ainda não chegaram já agradeça a Deus por eles.

Deus quer realizar maravilhas em sua vida. Ele irá manter a Palavra Dele na aliança que fez com você e espera que você também a mantenha.
Você é um filho sonhador e vencedor, pois é parecido com o Pai. 


MÚSICA: TOQUE NO ALTAR – DESEJO DO MEU CORAÇÃO 

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

#SUA HISTÓRIA SERÁ UMA REFERÊNCIA DE MILAGRES


PASTOR FERNANDO TESSER 
TEXTO-CHAVE: MARCOS 4:36-37

37Levantou-se um forte vendaval, e as ondas se lançavam sobre o barco, de forma que este ia se enchendo de água.
38Jesus estava na popa, dormindo com a cabeça sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e clamaram: "Mestre, não te importas que morramos?"


INTRODUÇÃO

Estes versículos relatam a história de Jesus e seus discípulos atravessando o mar da Galiléia em Israel. Este mar é composto por água doce e possui uma extensão de aproximadamente 21 km de comprimento por 12km de largura, não é um grande mar, porém possui considerável profundidade. Um dos objetivos da travessia é irem para as cidades de Decapólis. A bíblia descreve como a região dos gesarenos que possuía um centro de cultura grega, mas que possuía uma população grande de judeus.
Jesus com seus discípulos trabalharam o dia todo ministrando a Palavra divina, curando e libertado os povos. Jesus, então dá o direcionamento de atravessar o mar. Porém, com o cansaço do dia Ele adormece. Quando de repente é despertado pelos discípulos em meio a uma tempestade. No meio de todo este transtorno Jesus ordena que o mar e os ventos se acalmem, e desta forma os mesmos fizeram. Então, Jesus olha para seus discípulos e pergunta o porquê de tanta descrença. Admirados e ainda atônitos com toda situação eles perguntam uns aos outros: “Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?”


1. LIMITAÇÒES HUMANAS

            Levando em consideração o período que Jesus estava aqui na terra em seu corpo físico Ele não tinha, poder, não podia fazer milagres, curar, libertar, andar sobre as águas e nem mesmo parar os fenômenos naturais. Tudo o que Ele fez foi através do poder do Espírito Santo de Deus.
Quando desceu para cumprir o seu legado de morrer por nós na cruz, Ele abdicou de tudo o que possuía no céu ao lado de Deus. Um corpo terreno como o nosso que possuía suas limitações como as necessidades de alimentos e descanso. Baseado nisso Jesus também estava correndo o risco de que algo grave acontecesse também a Ele caso o barco virasse. Mas imaginar que por causa de uma tempestade algum dano pudesse acontecer com Jesus e é um tanto inaceitável. Isso demonstra o quanto Ele acreditava em Deus e no poder do cuidado de nosso Pai celestial. Hoje Jesus está com Ele no céu, mas ao mesmo tempo em decorrência de Seu poder da onipresença Ele está no barco de casa um de nós e conhece as nossas limitações.


2. ELE ESTÁ NO BARCO

Por pior que a situação estivesse Jesus ainda estava no barco, mas os discípulos foram condicionados à realidade e isso os paralisou. Se fizermos um paralelo muitas vezes nos deparamos da mesma maneira. As tempestades de nosso cotidiano balançam o nosso barco para nos amedrontar e assim paralisar.
Muitos estão paralisados no presente, presos no passado e sem nenhuma perspectiva com o futuro. A qualquer momento acham que o barco da vida irá sucumbir em meio a tantas lutas, humilhações e dificuldades.
Nos limitamos a realidade, porém esquecemos de quem está conosco.  A questão é o quanto acreditamos, permitindo que Jesus atue em nosso favor.
Será que acreditamos em Suas Palavras, Seu cuidado, Seus milagres em nosso barco? 

Jesus está no barco e Ele não está indiferente com a sua situação.


3. ACREDITE EM SEU AMOR
           
O barco de nossa vida pode ser atingido com as tempestades, mas não significa que Ele irá afundar. Mas, para permanecermos firmes precisamos firmar a nossa fé nos alimentando da Palavra de Deus constantemente.
É preciso ativar a fé todos os dias através da Palavra de Deus, acreditando que o Poder das mãos de Jesus não permita que nada paralise os decretos de bênçãos sobre a sua vida e de sua família.
Depois que Jesus atravessou o mar libertou a vida de uma pessoa e isso impactou a vida de outros. Deus não atua no coletivo e sim no particular. Deus te fez sendo único e da mesma forma tem uma história de realizações para você. Nada com exceção da falta de fé em Jesus pode arrancar Ele do barco da sua vida. Porém, o livre arbítrio é seu e assim Ele espera que você possa acreditar em Seu amor.


CONCLUSÃO
           
            Por mais que os fatos declarem a nossa destruição quem dá a palavra final é Jesus. Quando confiamos através de nossas atitudes estamos ativando os milagres. Ninguém aqui na terra está isento de passar por dificuldades e por muito menos milagres. Deus envia tempestades para que os milagres se tornem marcos em sua história.
O primeiro mês deste ano já finalizou e sobre nós ainda continua o decreto: “Eu e minha casa serviremos ao Senhor”. Por isso, decrete constantemente sobre a sua casa este decreto.  
Por amor à você Jesus faz até os ventos e o mar se acalmarem.
Creia, a sua história será uma referência de milagres.


MÚSICA: EYSHILA - POSSO CLAMAR

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

#É HORA, TOMAREI UMA DECISÃO VOU DEFENDER MINHA CASA


APÓSTOLO TADEU SANTOS

TEXTO-CHAVE: MARCOS 3:24-25

24Se um reino estiver dividido contra si mesmo, não poderá subsistir. 25Se uma casa estiver dividida contra si mesma, também não poderá subsistir.
                                                          

INTRODUÇÃO

Constantemente Jesus era julgado enquanto propagava o seu ministério aqui na terra. Em rumo ao legado da cruz do calvário Suas palavras eram vistas por boa parte das lideranças e religiosos da época como afrontas aos princípios divinos. Nesta passagem que foi lida está descrita a resposta de Jesus após acusado pelos mesmos de ser um emissário das trevas. Utilizando de figuras ilustrativas Ele afirma que um Reino ou uma Casa não poderão subsistirem se os mesmos estiverem divididos. Jesus responde referindo ao reino das trevas que o mesmo não pode lutar contra si. Porém, faremos um paralelo de divisão baseados em qualquer instituição nas mais variadas dimensões, sendo espirituais, políticas, corporativas, culturais, regionais, familiares entre outras. A divisão é a fragmentação de uma causa. Quando ocorre isso consequentemente há quebra de princípios que enfraquece a mesma.
              

1. QUEBRAS QUE DECORREM EM DIVISÕES

A palavra divisão tem alguns significados como separação, fragmentação, limitação ou trazer discórdia.
            No decorrer da vida nos estamos correlacionados com diversas instituições começando pela família. Todas estas instituições requerem de princípios onde para vivermos em harmonia precisamos segui-los caso ao contrário há uma quebra decorrendo assim em divisões.
            A Família é a base da sociedade. É nela que estão baseados o que irá nos estruturar para fazermos parte de qualquer outra instituição como já relatado. Porém, hoje vemos a essência diluída pelas quebras dos princípios. Estas divisões estão amparadas pelo mundo espiritual. Os mundos físico e espiritual estão coligados e um influencia o outro. Por mais que as situações muitas vezes aparentam de cunho racional suas origens estão no espiritual. Assim, precisamos ser fortes e confiar em Deus, pois muitos passos a serem dados terão que ser com atitudes de fé.


2. QUEM ESTÁ REGENDO?

            As divisões acontecem de maneiras sucintas no decorrer do dia-a-dia. As situações acumulam em decisões temporariamente certas, mas com o passar do tempo os princípios são quebrados e as consequências se agravam. As divisões destroem as famílias e o futuro das gerações. Princípios quebrados se desdobram em divisões familiares.
Quando há uma divisão dentro de casa entre familiares todos perdem principalmente os filhos. Por mais que os pais sejam culpados em decorrência de desvios de caráter, os filhos precisam honrá-los pois foi Deus que os colocou como como autoridades. Porém, cada membro familiar precisa zelar pela honra da família.

Um lar onde há divisões está sendo regido por Deus ou o inimigo?

  
3. VALORIZANDO O PRIMORDIAL
           
O mundo atual tem trazido destruições através das demandas do dia-a-dia. A falta de relacionamento interpessoal é um fator primordial para destruição dos corações. Por isso não perca as oportunidades, mas as valorize ao máximo. A falta de elogios como eu te amo, perdão, obrigado, você é importante tem causado endurecimento nos corações.
Valorize a sua família, seu trabalho, seus sentimentos, suas palavras, os elogios dados e recebidos. Presentes são bons, mas a presença e palavras de elogios não tem preço. Valorize o tempo, pois ele não falta, mas é mal utilizado. Todos estão cansados e assim é necessário descanso, pois é essencial para a saúde física e espiritual. O dia de descanso é um mandamento dado por Deus. Descanse ao lado da família e honre-a.   
Quando valorizamos o que é primordial estamos estruturando os princípios que foram infringidos pelas divisões.  
A união da família confronta e vence qualquer barreira.


CONCLUSÃO

            Quando nos deparamos com a realidade onde a mesma nos condicionou durante anos, nem sempre conseguimos ver soluções de mudanças. Porém, precisamos acreditar que aquilo que está dando errado dará certo.
 Não permita que o inimigo te paralise e de igual forma a sua família. Não permita que a realidade impeça de você ver uma nova realidade. É hora de se levantar para lutar por sua família e por seus sonhos. É hora de você se encurvar apenas aos pés de Jesus pedindo para Deus a sua herança de filho amado e comprado na cruz.
Sua vida e a realidade de sua família serão mudadas através de sua atitude. O início da transformação de sua família começará com você. Creia, pois Deus vai arrancar todo roubo que está acontecendo com sua família.
É hora desta mágoa, ódio, medo, angústia, ansiedade serem expulsos de seu coração e ele ser tornar morada do próprio Deus. Permita que Deus encontre um lar em seu coração.

É HORA, DE TOMAR UMA DECISÃO DE DEFENDER A SUA CASA.



MÚSICA: CASA DE ORAÇÃO – RODRIGO SANTINELLI